Offenes Volkstanzen

blumenauerEvento que acontece 4 vezes ao ano, o Offenes Volkstanzen reúne folcloristas e amigos para dançar. O lema é NO STRESS com dança folclórica.
A edição de março será no dia 12 com início às 19:30 horas. Entrada franca.
Aguardamos vocês.

Local: Centro Cultural 25 de Julho – Rua Alberto Koffke 354

Offenes Volkstanzen

blumenauerEvento que acontece 4 vezes ao ano, o Offenes Volkstanzen reúne folcloristas e amigos para dançar. O lema é NO STRESS com dança folclórica.
A edição de setembro será no dia 10 com início às 19:30 horas. Entrada franca.
Aguardamos vocês.

Local: Centro Cultural 25 de Julho – Rua Alberto Koffke 354

Offenes Volkstanzen

blumenauerEvento que acontece 4 vezes ao ano, o Offenes Volkstanzen reúne folcloristas e amigos para dançar. O lema é NO STRESS com dança folclórica.
A edição de novembro será no dia 12 com início às 19:30 horas. Entrada franca.
Aguardamos vocês.

Local: Centro Cultural 25 de Julho – Rua Alberto Koffke 354

Doação para Lar Betânea

AFG doa 200 litros de leite ao Lar Betânea de Blumenau -Associação dos Grupos Folclórico s Germânico do Médio Vale dO Itajaí, sabe a importância de gestos de solidariedade.

A instituição Lar Betânea foi fundada em 1979 e atende em duas unidades mais de 300 crianças em tempo integral, com foco em ações de saúde, pedagógicas e sociais.

Doações como esta são fundamentais para garantir a continuidade dos trabalhos da instituição.

Parabéns a cada um dos grupos participantes e as pessoas que fizeram suas doações! O nosso muito obrigado aos grupos associados que participaram da ação!

Alimentos arrecadados nas Olimpíadas Folclóricas são entregues a Casa da Esperança

Na tarde desta quinta-feira, a AFG realizou a entrega dos alimentos arrecadados nas Olimpíadas Folclóricas 2014. A entidade que recebeu os alimentos foi à Casa da Esperança, que desenvolve ações atendendo crianças e adolescentes do sexo feminino em situação de risco pessoal e social, contribuindo na garantia dos direitos fundamentais previstos no estatuto da criança e do adolescente – ECA. No total foram quase 300 kg de alimentos entregues a instituição, arrecadados pelos grupos folclóricos. Na oportunidade á AFG foi recebida pela Luciane uma das responsáveis pela casa.
 
Conheça a Casa da Esperança: www.casadaesperanca.net 

Grupo Folclórico Badenfurt participa das atividades em comemoração ao Dia Nacional da Adoção

No ultimo domingo, 25 de maio, foi comemorado o Dia Nacional da Adoção, data esta, escolhida em 1996 por associações e representantes de 14 grupos de Apoio à Adoção existentes no país. Em 2002, o projeto de lei foi sancionado, e a data foi oficializada.
 
Em Blumenau esta data não passou em branco, o Grupo de Estudos e Apoio á Adoção de Blumenau – Filhos da Esperança, comemorou o dia no Parque Ramiro Ruediger com muitas atividades especiais, como a dança folclórica alemã, que foi levada pelo Grupo Folclórico Badenfurt, além de muitas informações sobre a adoção.

Casa da Esperança recebe alimentos arrecadados no Jubiläums – TANZABEND

Nesta quarta-feira a AFG realizou a entrega dos alimentos arrecadados no evento de final de ano da associação, o Jubiläums – TANZABEND. A entidade que recebeu os alimentos foi à Casa da Esperança, que desenvolve ações atendendo crianças e adolescentes do sexo feminino em situação de risco pessoal e social, contribuindo na garantia dos direitos fundamentais previstos no estatuto da criança e do adolescente – ECA. No total foram quase 120 kg de alimentos entregues, na oportunidade á AFG foi recebida pela Luciane uma das responsáveis pela casa.

 
Conheça a Casa da Esperança: www.casadaesperanca.net  

Grupo Folclórico Teutônia leva a magia do Natal para o Asilo São Simeão e Ancionato Elisabet Köhler

No ultimo final de semana o Grupo Folclórico Teutônia levou a Magia do Natal para a Casa São Simeão e para o Ancionato Elisabeth Köhler.  A primeira apresentação do grupo em 1987 foi no Asilo São Simeão, desde então o grupo manteve como tradição todos os anos de fazer uma apresentação para a entidade levando o Papai Noel e a entrega de alguns “Mimos” (docinhos, balas, chocolates…). O grupo visita a enfermaria e passa algumas horas com os idosos. Em 1988 o grupo resolveu ampliar a agenda de natal e visitar também o Ancionato Elisabeth Köhler. Esta já é uma tradição do grupo que se estende por 26 anos.  “Nós nos orgulhamos muito de fazer o Natal nos asilos e levar a nossa alegria e tradição também aos idosos.” Comenta Cyntia Samantha Teske Bona, coordenadora do Grupo.